Marketing de Conteúdo e Jornada de Compra: como criar materiais estratégicos

O Marketing de Conteúdo é um ótimo aliado para atrair e qualificar visitantes, mas para isso é necessário entender a Jornada de Compra. Neste artigo explicamos tudo para você!

Como o nome já diz, o Marketing de Conteúdo é uma estratégia que tem como princípio a produção de materiais relevantes para o público, considerando sempre a jornada de compra.

Isto é, o conteúdo é direcionado de acordo com a fase do consumidor e cria uma perspectiva positiva da marca.

Sendo assim, a finalidade é atrair visitantes, transformá-los em leads e prepará-los para o momento da compra.


Vantagens do Marketing de Conteúdo para e-commerce

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia presente no planejamento de diversas empresas, pois se trata de uma prática que gera resultados lucrativos.

Além disso, os benefícios ligados a essa prática são:

  • Educar o mercado;
  • Ser referência na sua área de atuação;
  • Fortalecer a credibilidade e visibilidade da marca;
  • Melhorar o posicionamento nas plataformas de busca;
  • Captação de leads qualificados;
  • Fidelizar clientes;
  • Diminuição do custo de aquisição de clientes (CAC);
  • Aumento do retorno sobre investimento (ROI);
  • Crescimento das vendas.

E para que as ações sejam feitas de maneira correta e atinjam ótimos resultados, conheça as estratégias do Marketing de Conteúdo.


Estratégias do Marketing de Conteúdo

Para iniciar as estratégias de Marketing de Conteúdo, você deve seguir essas etapas:

Planejar e definir objetivos: saber porque você está utilizando essa técnica, poupará gastos desnecessários, lembre-se que não estamos falando apenas em custo em dinheiro, mas também de tempo.

Além disso, estabelecer metas bem estruturadas e alcançáveis, permite o desempenho positivo da ação.

Criar persona: baseada nos interesses do público que a sua marca deseja atingir. Para isso, compreenda os hábitos e preferências para descobrir se o seu produto atende as dores do potencial cliente.

Determinar canais de distribuição: o mais falado em termos de Marketing de Conteúdo é investir em um blog para a empresa. No entanto, outros canais também são interessantes para a estratégia, afinal, as redes sociais podem ser responsáveis em direcionar a audiência para o blog. É fundamental saber onde o seu público está.

Conteúdo: o formato do conteúdo dependerá dos canais de distribuição e os temas devem ter valor para o público. Este é um dos motivos para conhecer sua persona, pois facilita o desenvolvimento assertivo.

Calendário de postagem: organize as publicações para otimizar seu tempo, além disso, manter uma periodicidade garante eficiência na estratégia.

Mensurar resultados: para a constância de desempenho, é preciso analisar os resultados, desse modo, você tem autonomia para mudanças e melhorias quando necessário.

Agora que você está por dentro de todos os aspectos que fazem parte do Marketing de Conteúdo, vamos conhecer cada etapa da jornada de compra.


Jornada de Compra

A Jornada de Compra é formada por quatro etapas e representa o caminho percorrido pelo cliente até a finalização da compra.

Entender o processo ajuda a traçar estratégias que realmente funcionem.

Etapa 1: Aprendizagem e descoberta

O consumidor ainda não sabe que possui uma necessidade, neste momento ele tem apenas uma dúvida.

Sendo assim, o primeiro contato com a sua loja, provavelmente, será feito por meio de uma busca sobre o assunto. Então, aposte em palavras-chave para que ele encontre a sua marca.

E tratando-se de uma abordagem inicial, é importante que ela seja o menos invasiva possível.

Isto é, não apresente conteúdo comercial e sim, temas introdutórios como postagens educativas, infográficos e outros.

Etapa 2: Reconhecimento do problema

Partindo para a segunda etapa da jornada, onde o usuário já compreendeu que possui um problema, você pode avançar no conteúdo e apresentar algo mais específico.

Ou seja, invista em materiais profundos que orientam e mostram que você entende essa necessidade e tem o que é preciso para ajudá-lo.

Uma ideia é criar landing pages para conseguir algumas informações do consumidor em troca do conteúdo.

Etapa 3: Consideração da solução

O consumidor começa avaliar as alternativas para solucionar sua dor, desse modo, você pode iniciar ações mais incisivas, isto é, diretas.

E para não perder o time da jornada, crie um senso de urgência e desperte o desejo de resolver esse problema rapidamente.

Mostre que a sua empresa é a solução, apresentando opções de produtos ou serviços.

Você pode fazer isso utilizando webinars ou cases de sucesso de clientes que conseguiram sanar o problema com as alternativas que seu negócio disponibiliza.

Etapa 4: Decisão de compra

O consumidor compara as opções disponíveis para decidir o que é melhor para ele, portanto, destaque as vantagens e os diferenciais competitivos da sua empresa.

E é claro, tenha cuidado para não exagerar e se tornar inconveniente, pois isso anula as suas chances.

Exiba depoimentos, avaliações e outras informações que comprovam sua relevância no mercado, dessa maneira, ele saberá que está fazendo a escolha certa.


Conclusão

Conhecendo com mais profundidade o que é Marketing de Conteúdo e os demais fatores que fazem parte dessa estratégia, vamos reforçar algumas dicas para escrever artigos de qualidade:

  1. Crie categorias para organizar os textos, para facilitar a navegação dos usuários;
  2. Use palavras-chaves de acordo com o tipo de conteúdo que está sendo escrito;
  3. Sempre que possível adicione imagens e vídeos, que além de informar, prendem a atenção do leitor;
  4. Escreva utilizando a linguagem do seu nicho de mercado.